Agenda de Arte

Ser e Estar. Vídeos da Coleção Berardo
¡Últimos días!
19
may 2017
24
sep 2017

Compártelo en redes

Cuándo: 19 may de 2017 - 24 sep de 2017
Inauguración: 19 may de 2017 / 18:00
Dónde: Museu Coleção Berardo - Modern and Contemporary Art Collection / Praça do Império / Lisboa, Portugal
Comisariada por: Rita Lougares
Organizada por: Museu Coleção Berardo - Modern and Contemporary Art Collection
Enlaces oficiales Web 
Etiquetas:

Descripción de la Exposición

Nesta exposição apresentamos uma seleção de oito vídeos da Coleção Berardo que foram adquiridos entre 2007 e 2011. Os artistas aqui apresentados, Caetano Dias, Cristina Mateus, Jakub Nepraš, Laurent Grasso, Dias & Riedweg, Vasco Araújo, Vladimir Nikolic e Zoran Naskovski questionam a nossa realidade, cada vez mais complexa, e o papel da própria arte dentro dessa realidade, propondo-nos uma reflexão sobre os problemas e as questões do mundo em que vivemos. Todos estes artistas têm como denominador comum a utilização do vídeo como ferramenta criativa e meio mais eficaz de comunicação entre artista e público. Esta prática artística, que teve início nos anos de 1960, tem tido um enorme desenvolvimento tecnológico e, ao apropriar-se da tecnologia digital nas últimas décadas, alargou indiscutivelmente o seu leque de possibilidades. Podemos dizer que o vídeo é hoje um meio privilegiado para absorver e reter toda a informação, no mundo atual cada vez mais cheio de estímulos e ruídos. Primeiro, porque nos oferece a informação de forma auditiva e visual, tornando-a mais fácil de ser digerida e armazenada. Segundo, porque o vídeo nos conta histórias como nenhum outro formato, permitindo unir informação com emoção e reunir figuras humanas, vozes e movimentos. Tudo isso imita a vida e gera um enorme envolvimento e empatia. Melhorar o mundo deixou de ser uma opção para estes artistas, que tentam apenas formar um novo mundo através da sua capacidade crítica e de reflexão, que se expressa com novos padrões estéticos, colocando questões básicas sobre a nossa existência e o nosso lugar no mundo atual, que têm urgência em ser respondidas, para que possamos compreender e encontrar o significado das nossas vidas. Num período de convulsões sociais e de insegurança como o nosso, que abandonou todos os esquemas e sistemas universais, a arte já não proclama verdades incontestáveis, não faz afirmações, faz perguntas. É este o desafio e a reflexão que os artistas presentes nesta exposição nos propõem através das questões conceptuais que colocam e que nos permitem discutir as suas ideias e poéticas. Rita Lougares Curadora da exposição

Actualizado

el 12 sep de 2017 por ARTEINFORMADO

Contactar

¿Quieres contactar con el gestor de la ficha?

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

Temps vécu, 2014
Cristina Mejias
Proyectiva, 2015
Inés Verdugo
Silencio, 2013
Inés Verdugo
Compártelo en redes

¡En promoción!

14 sep de 2017 - 04 nov de 2017

Tiempos verbales

Galeria Freijo / Madrid, España

ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba