1000 imagens; uma palavra vale mais que mil imagens
Evento finalizado
29
nov 2018
05
ene 2019

Compártelo en redes

Publicada el 29 dic de 2017      Vista 165 veces

Descripción de la Exposición

"A imagem, as imagens, parecem ser as indiscutíveis vencedoras do cada vez mais veloz concurso das transformações culturais ocorridas ao longo do último século. Da celebração da emergência e generalização da circulação global das imagens de novo tipo (fotografia, cinema, televisão, digital) passámos, na viragem do século, à constatação da afirmação e triunfo do império das imagens. Ao mesmo tempo, como decorre da natureza contraditória de todos os processos de transformação cultural, foram começando a subir de tom as denúncias da invasão por um excesso de imagens e os alertas para o perigo do afogamento dos significados e sentidos no pântano de uma infinidade de imagens tornadas cada vez mais irrelevantes pelo volume e velocidade da sua propagação epidémica. O fenómeno vem-se tornando evidente na crescente agitação das redes anti-sociais que alimentam a grande pocilga comunicacional digital; e cuja vocação predadora e criminal só agora começa a ser discutida. E as palavras? O que terá acontecido às palavras, reduzidas a um grotesco cacarejar na ponta dos dedos de jovens analfabetos e líderes néscios? Quem vai sobrar para ler Proust? Quem vai ter tempo para as palavras com que se faz um pensamento ou um sentimento? Que valor e significados terá no futuro próximo a palavra “palavra”? Nem eu nem uma exposição saberiam responder a estas perguntas mas, tal como a respeito de tantos outros assuntos, os artistas e as obras dos artistas podem ajudar-nos a abordar e problematizar estas questões de uma forma diferente das mais habitualmente (não) utilizadas. A presença das palavras no contexto criativo das artes plásticas é marcante nas vanguardas históricas do início do século XX, sobretudo no movimento “Dada” que até hoje permanece – provavelmente – como o mais radical da história recente da arte. Sem pretender fazer um resumo da história das palavras na história da arte do último século importará ainda referir, nos anos 1960 e 1970, a relevância das palavras nas obras concetuais e pós-concetuais e em práticas artísticas relacionadas com a ação política e a intervenção cívica; e a importância da palavra nas obras de sucessivas gerações de artistas que revisitaram e deram continuidade a essas linhas de pesquisa. O que aqui se apresenta, sem pretensão historiográfica, nem intenção de demonstração programática de uma tese, é uma grande diversidade de obras realizadas por autores que, cada um segundo a sua sensibilidade e no âmbito da sua linha de pesquisa, deram um lugar de destaque às palavras, e assim nos dão, a nós próprios, a possibilidade de pensar e decidir qual o valor e a atenção que queremos, ou não, continuar a conceder às palavras.". Alexandre Melo

Actualizado

el 03 ene de 2019

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
01 jul - 30 jul
Certamen en Madrid, España
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba