¿Tienes menos de 35 años? ¡Participa en LA ARTEINFORMADA - próxima generación 2020! ¡Visibilízate!
Cortesía del Serralves
Evento finalizado
23
jul 2018
30
sep 2018

Compártelo en redes

Publicada el 29 jun de 2018      Vista 79 veces

Descripción de la Exposición

Ana Jotta, António Barros, Bruce Nauman, Bruno Pacheco, Cildo Meireles, Damián Ortega, Fernanda Gomes, Hans Haacke, Jene Highstein, José de Guimarães, José Pedro Croft, Lawrence Weiner, Leonor Antunes, Pedro Cabrita Reis, Richard Artschwager, Rita Magalhães, Rita McBride, Rui Chafes, Susanne S. D. Themlitz A coleção de Serralves, desde a sua criação em final dos anos 1980, oferece uma ampla e segura amostragem da produção artística de Portugal e do mundo, desde meados dos anos 1960 até aos dias de hoje. Para além disso, a sua atualização continuada permite ter confiança num olhar futuro sobre a atividade artística dos nossos dias. Um programa de exposições de uma coleção fora do seu museu e por vários locais do país tem o valor acrescido de permitir o contacto com públicos diversos em espaços não necessariamente vocacionados para a realização de exposições de arte contemporânea. Esta deslocalização permite, com generosidade, expandir as oportunidades de reformulação dos significados da produção artística, abertos ao confronto entre as obras e os novos contextos. Em "A conspiração das formas”, a seleção de obras da coleção de Serralves joga com a ideia de revelação, obrigando ao esforço do espectador. Proporciona o confronto, permitindo a reavaliação da nossa posição perante elas e da nossa própria posição no mundo. A exposição procura deslocalizar a expectativa da nossa perceção perante os objetos e os gestos e perante as categorias instituidas de certo ou errado, visível ou invisível, previsível ou inesperado. Pertence aos artistas a liberdade de nos confrontarem com a desmontagem do mundo. Por detrás de gestos aparentemente insignificantes reside por vezes uma imensidão de traumas, como por detrás de uma imensa negritude pode nada mais residir que um simples final de dia tranquilo. Por isso as imagens enganam, as obras revelam. Curadoria: Gabriela Vaz-Pinheiro Produção: Fundação de Serralves — Museu de Arte Contemporânea, Porto

Actualizado

el 27 jul de 2018

Contactar

¿Quieres contactar con el gestor de la ficha?

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}

Noticias relacionadas

Compártelo en redes
01 ago - 15 nov
Beca en Suances, Cantabria, España
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba