Adam Szymczyk
Evento finalizado
11
feb 2015
18:30

Compártelo en redes

Dónde: Museu de Arte Contemporânea de Serralves / Rua D. João de Castro, 210 / Oporto, Porto, Portugal
Cuándo : El 11 feb de 2015
Precio: 3 €
Dirigido a: Artistas, Profesionales, Organizaciones
Organizada por: Museu de Arte Contemporânea de Serralves
Profesionales participantes: Adam Szymczyk
Publicada el 04 feb de 2015      Vista 172 veces

Descripción de la Formación

Adam Szymczyk, um dos mais influentes curadores no domínio da arte contemporânea, estará em Serralves no dia 11 de Fevereiro como orador da conferência "A linha Reta é uma Utopia". Adam Szymczyk está à frente do evento de maior relevância no calendário de exposições de arte contemporânea, a Documenta 14, a decorrer em 2017. Será a primeira vez que esta exposição, que desde 1955, tem tido lugar na cidade alemã de Kassel, também será apresentada fora de portas. Paralelamente a Kassel, a exposição acontecerá em Atenas, na Grécia. A pouco mais de dois anos e meio da sua realização, esta conferência será uma oportunidade imperdível para entrar em contacto com a génese da preparação de uma exposição que, de cinco em cinco anos, marca o discurso crítico e artístico contemporâneo a nível internacional e que, nesta edição interroga claramente a capacidade da arte contemporânea para abrir um espaço de imaginação e de ação sociopolítica. Adam Szymczyk será apresentado por Suzanne Cotter, diretora do Museu de Serralves, que assegura também a moderação desta conferência. Adam Szymczyk é Diretor Artístico da Documenta 14, que decorrerá entre 10 de Junho e 17 de Setembro de 2017, na cidade alemã de Kassel e em Atenas. Szymczyk foi curador da Galeria da Fundação Foksal, em Varsóvia desde a sua criação, em 1997, até 2003. Foi diretor e curador-chefe da Kunsthalle Basel. Nos últimos 10 anos, trabalhou em exposições e publicações sobre artistas contemporâneos, tais como Pawel Althamer, Douglas Gordon, Susan Hiller, Job Koelewijn, Edward Krasinski, Claudia e Julia Mueller, Gregor Schneider, Piotr Uklanski e Krzysztof Wodiczko. Das exposições coletivas das quais foi curador destacam-se "Roundabout", CCA Varsóvia, em 1998; "Amateur", uma co-curadoria com Mark Kremer e Charles Esche, no Kunstmuseum Goeteborg, em 2000; "Painters Competition", na Galeria Bielska BWA, Bielsko-Biala, em 2001; "Hidden In a Daylight", em co-curadoria com Joanna Mytkowska e Andrzej Przywara, no Hotel pod Brunatnym Jeleniem, Cieszyn, em 2003. Em 2008 foi curador, em parceria com Elena Filipovic, da 5.ª Bienal de Berlim.

Actualizado

el 06 feb de 2015

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba