Enseña tus OBRAS en ARTEINFORMADO. ¡Cada día, más personas las miran!
Flávia Vieira. Makeup developed in the 1940s by Max Factor, Jr, for bllack-and-white television — Cortesía de Kubikgallery
18
sep 2020
14
nov 2020

Compártelo

Cuándo: 18 sep de 2020 - 14 nov de 2020
Inauguración: 18 sep de 2020 / 19:00
Precio: Entrada gratuita
Dónde: Kubikulo / Rua da Restauração, 10 / Porto, Portugal
Organizada por: Kubikgallery
Artistas participantes: Flávia Vieira
Etiquetas:
Publicada el 31 ago de 2020      Vista 18 veces

Descripción de la Exposición

"If she be made of white and red, Her faults will ne'er be known, For blushing cheeks by faults are bred, And fears by pale white shown” William Shakespeare, Love’s Labour’s Lost, Act I, Scene 2, 1597. Blush encontra no pigmento da maquilhagem um sentido político, na medida em que participa de uma operação simbólica e ritualística. Seja em contextos ocidentais (na esfera individual, no teatro...), bem como em contextos não-ocidentais (pintura corporal nas culturas indígenas), a maquilhagem é a expressão de uma fantasia, de um disfarce, de um artifício, de uma ação fake. É nesta “cosmética” conferida pelo pigmento que uma “máscara” identitária é construída. Flávia Vieira (1983, Braga, Portugal) Flávia Vieira trabalha com têxtil, cerâmica e fotografia. O seu trabalho combina a ideia de objeto final com os seus processos de criação, destacando as fronteiras entre o artístico e o artesanal, o erudito e o popular. Estou Artes Plásticas – Pintura na FBAUP, participou do Programa Independente de Estudos de Artes Visuais da MAUMAUS, desenvolveu o seu mestrado em Comunicação e Artes na NOVA - FCSH e, mais recentemente, concluiu o seu doutoramento em Poéticas Visuais e Processos de Criação na UNICAMP em São Paulo. Expõe regularmente desde 2010 em Portugal e no Brasil, destacando-se as exposições “FOCUS: Portugal” com curadoria de João Ribas na ArtToronto (2019), “Pandã” no Auroras, São Paulo (2019), “Hopes and Fears” com curadoria de Marta Mestre na KUBIKGallery, Porto (2018) e “Chama Plural” com curadoria de Isabella Lenzi no Consulado Português em São Paulo (2016). Participou nas residências artísticas FAAP - Fundação Armando Álvares Penteado em São Paulo (2014) e na Cittadellarte - Fondazione Michelangelo Pistoletto, em Biella (2008).

Actualizado

el 11 sep de 2020
05 nov - 26 nov
Curso Online.

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme