Exposición en Rio de Janeiro, Brasil

Brasil: Tradição, Invenção

Dónde:
Paço Imperial / Praça XV Novembro, 48 / Rio de Janeiro, Brasil
Cuándo:
13 jun de 2021 - 20 ago de 2021
Inauguración:
13 jun de 2021
Organizada por:
Artistas participantes:
Enlaces oficiales:
Web 
Promociones arteinformado
Descripción de la Exposición
arcel Gautherot (1910-1996), fotógrafo francês que viveu a maior parte de sua vida no Brasil, produziu extensa documentação fotográfica sobre o país. Viajando por todo o território brasileiro, construiu uma obra de extraordinária qualidade estética nos dois domínios que privilegiou − a fotografia etnográfica e a fotografia de arquitetura. Parisiense, filho de pai operário e mãe costureira, aos quinze anos ingressou no curso noturno da École Nationale Supérieure des Arts Décoratifs, começando a trabalhar com design e arquitetura de interiores. Na década de 1930, atuou como arquiteto e fotógrafo no Museu do Homem, em Paris. Conviveu e colaborou com os integrantes da agência fotográfica Alliance Photo, como René Zuber, Emeric Feher, Pierre Boucher e Pierre Verger. Em 1936, viajou a serviço do museu para o México e, em 1939, para a região norte do Brasil (Amazônia e Pará). Com a eclosão da guerra na Europa, serviu o exército francês em Dacar ... e, depois do armistício, retornou ao Brasil, estabelecendo-se em definitivo como fotógrafo no Rio de Janeiro. Na então capital do país, Gautherot logo formou um círculo de relacionamentos que lhe permitiu inserir-se rapidamente num meio de intelectuais e artistas semelhante ao que frequentara na década anterior na França. Nomes como Rodrigo Melo Franco de Andrade, Carlos Drummond de Andrade e Lucio Costa – reunidos no Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan), criado em 1937, vinculavam a preservação do patrimônio colonial brasileiro à consolidação da arquitetura moderna no Brasil e à construção de uma nova identidade nacional. A formação de Marcel Gautherot como arquiteto decorador e sua experiência museográfica levaram Lucio Costa a incumbi-lo, ainda no início dos anos 1940, de organizar o acervo e a exposição permanente de estatuária do recém-constituído Museu das Missões, no Rio Grande do Sul. A partir de então Gautherot tornou-se um colaborador permanente do Sphan e percorreu todo o país fotografando edifícios históricos, festas populares, danças, artesanato e atividades folclóricas de diversos estados brasileiros, principalmente da região Nordeste.Estes trabalhos o levaram também a atuar junto à Comissão Nacional do Folcore (criada em 1947) e à Campanha de Defesa do Folclore Nacional (lançada em 1958), ambas capitaneadas pelo historiador Edison Carneiro. Ao mesmo tempo, tornava-se o principal fotógrafo da arquitetura moderna no país, dedicando-se em especial ao registro dos grandes projetos de Oscar Niemeyer, como o conjunto arquitetônico da Pampulha e a construção de Brasília. Com Niemeyer manteve uma estreita e duradoura amizade e colaboração, marcada por afinidades estéticas e políticas, em uma relação muito semelhante à colaboração do fotógrafo Lucien Hervé com Le Corbusier. Com Burle Marx Gautherot estabeleceria uma colaboração igualmente de décadas, registrando extensivamente as principais obras do grande mestre do paisagismo brasileiro. A obra de Gautherot desempenhou um papel fundamental na construção de um imaginário brasileiro. Seu grande projeto documental – realizado ao longo de mais de cinqüenta anos de atividade no Brasil até o seu falecimento no Rio de Janeiro em 1996 e cristalizado em imagens icônicas que integram seu acervo de mais de 25.000 fotografias, hoje preservadas no Instituto Moreira Salles – mapeou, documentou e interpretou a trama de território, tradição e invenção que deu forma ao Brasil moderno. Esta exposição retrospectiva de Marcel Gautherot, realizada durante as comemorações dos 80 anos do IPHAN no Paço Imperial do Rio de Janeiro, edifício símbolo da luta pela preservação do patrimônio brasileiro, constitui importante homenagem ao seu profundo legado no campo da fotografia, promovendo, simultaneamente, o reencontro de sua obra com as origens e os protagonistas deste projeto patrimonial tão essencial para o país e sua cultura. Instituto Moreira Salles

 

 

Entrada actualizada el el 10 jun de 2021

¿Te gustaría añadir o modificar algo de esta ficha?

Infórmanos si has visto algún error en este contenido o eres este artista y quieres actualizarla. ARTEINFORMADO te agradece tu aportación a la comunidad del arte.

¿Quieres estar a la última de todas las exposiciones que te interesan?

Suscríbete al canal y recibe todas las novedades.

Recibir alertas de exposiciones

Servicio Promoción

¡Dale más visibilidad a tu evento!

  • Accede a la mayor y más atractiva comunidad del arte iberoamericano de forma rápida, eficaz y económica.
  • Obtendrás una posición destacada en todas las secciones de ARTEINFORMADO, priorizando a los usuarios de la ciudad/país del evento.
  • Multiplica las visitas a la ficha de tu exposición.
  • Te garantizamos un mínimo de 50.000 impresiones cada 15 días. Además, podrás hacer un seguimiento en tiempo real de todas tus visitas diarias.
Promociones arteinformado
Exposición Online
24 mar de 2021 - 25 jun de 2021

Online

Exposición
11 jun de 2021 - 06 feb de 2022

Museo Guggenheim Bilbao / Bilbao, Vizcaya, España

Premio
08 jun de 2021 - 10 sep de 2021

Madrid, España

¿Quieres estar a la última de todas las exposiciones que te interesan?

Suscríbete al canal y recibe todas las novedades.

Recibir alertas de exposiciones