Exposición en Oporto, Porto, Portugal

Contemporâneos Extemporâneos

Dónde:
Galeria Fernando Santos / Rua Miguel Bombarda, 526 / 536 / Oporto, Porto, Portugal
Cuándo:
15 abr de 2021 - 05 jun de 2021
Inauguración:
15 abr de 2021 / 15:00h
Horario:
Lunes y Sábado: 15h-19:30h; Martes, Miércoles, Jueves, Viernes: 10h-12:30h y 15h-19:30h
Precio:
Entrada gratuita
Comisariada por:
Organizada por:
Enlaces oficiales:
Teléfonos:
+351 226061090
Correo electrónico:
geral@galeriafernandosantos.com
Promociones arteinformado
Descripción de la Exposición
Na reflexão da palavra tempo a confiança na linha recta é o garanto que oculta a divagação. Poderá ser na esperança pelo infinito desta linha que se encontra a trajectória da fuga e talvez seja este o elemento narrador dos problemas que lhe causam desconforto. A esta indeterminação pertence o que é verdadeiramente do seu tempo e da sociedade que a acolhe, mas nunca numa coincidência perfeita com estes. O universo da interpretação contemporânea apresenta um laço duplo que parte do contexto actual para logo se deslocar do anacronismo. Percebe o seu tempo, apreendo-o e torna-se inactual. Não é este o caso de um discurso sobre genialidade, porque não se trata de estar à frente do tempo. O que mantém a corrente de criação é uma ligação verbal da palavra tempo à palavra desconforto. É extemporâneo, portanto. É aquele que está incrustado num tempo e que ao mesmo tempo o ... questiona. É, portanto, contemporâneo. É aquele que olha fixamente o seu tempo para dele retirar o oposto do refluxo que o impede de criar sobre forma de repetição (tempo do espaço), de paralisação (tempo de matéria), de narração (tempo da palavra) e da conservação (tempo da estória). Tempo da Palavra O tempo da palavra assume duas dimensões; significado e composição visual. Importa a mensagem como vector poético, como o próprio corpo desenhado da palavra, como um instrumento de significação para lá do significado. Parte da sua imagem, como metáfora de uma composição signficante. Tempo da Estória O peso da História é um simulacro de estórias várias que definem a força que reside na equação que nos define. Nas origens da criação impera a riqueza de recursos à memória. O tempo não se acusa, mesmo que se rebata. Tempo do Espaço O que mais impressiona no mundo construído é que quando o espaço nos desaparece é o tempo que assume a importância da experiência. Um tempo de memória, de continuum, de pausa, de compasso, de ritmo, de movimento, de mimetização do gesto. É nesse tempo que o limiar do espaço reaparece. Tempo da Matéria Esta dimensão procura pensar a essência pré-minimalista da substância que compõem um corpo, mesmo que a partir da manipulação da matéria no tempo e a paralisação de experiências ou de fenómenos físicos. No limite, a degradação.

 

 
Imágenes de la Exposición
"Contemporâneos Extemporâneos" (Créditos fotográficos: Pedro Lobo)

Entrada actualizada el el 15 abr de 2021

¿Te gustaría añadir o modificar algo de esta ficha?

Infórmanos si has visto algún error en este contenido o eres este artista y quieres actualizarla. O si lo prefieres, también puedes ponerte en contacto con su autor. ARTEINFORMADO te agradece tu aportación a la comunidad del arte.

¿Quieres estar a la última de todas las exposiciones que te interesan?

Suscríbete al canal y recibe todas las novedades.

Recibir alertas de exposiciones

Servicio Promoción

¡Dale más visibilidad a tu evento!

  • Accede a la mayor y más atractiva comunidad del arte iberoamericano de forma rápida, eficaz y económica.
  • Obtendrás una posición destacada en todas las secciones de ARTEINFORMADO, priorizando a los usuarios de la ciudad/país del evento.
  • Multiplica las visitas a la ficha de tu exposición.
  • Te garantizamos un mínimo de 25.000 impresiones cada 15 días. Además, podrás hacer un seguimiento en tiempo real de todas tus visitas diarias.