¿Crees que es TIEMPO DE ACTUAR? ¡Publica tus OBRAS que reflexionen sobre ello antes del próximo día 21!
Paisagem com ruínas
Evento finalizado
03
ago 2019
14
sep 2019

Compártelo

Cuándo: 03 ago de 2019 - 14 sep de 2019
Inauguración: 03 ago de 2019
Dónde: SIM Galeria / Al. Presidente Taunay, 130 / Curitiba, Parana, Brasil
Comisariada por: Kiki Mazzucchelli
Organizada por: SIM Galeria
Artistas participantes: Rodrigo Andrade
Enlaces oficiales Web 
Etiquetas:
Publicada el 07 ago de 2019      Vista 18 veces

Descripción de la Exposición

Diálogo cromático, segunda exposição individual de Rodrigo Andrade na Galeria SIM, reúne duas séries de pinturas estilisticamente distintas cuja correspondência mais evidente se dá por meio do emprego de uma paleta de cores aproximada. Distingue-se, assim, razoavelmente da mostra apresentada na galeria em 2016, que exibiu um corpo de trabalhos único, com foco exclusivo em suas paisagens recentes. Dessa vez, a presente estrutura expositiva proposta pelo artista revela um dos aspectos mais interessantes de sua produção: sua capacidade de negociar os diferentes gêneros da pintura em séries aparentemente contraditórias porém complementares. De fato, a história, a evolução e a tradição da pintura têm sido alguns dos temas centrais da prática de Andrade desde o início de sua carreira nos anos 1980. Mas não só: também aquilo que poderíamos designar como sua função social parece ser de igual importância. Vale salientar que não se trata aqui de sugerir a existência de um conteúdo narrativo subjacente que justificasse tal função; pelo contrário, ela seria expressa tanto pela materialidade descomedida que acentua seu caráter imanente – de “coisa no mundo” apreendida pela experiência sensível – quanto pela própria posição ocupada por certos tipos de pintura que correspondem, grosso modo, a um lugar comum amplamente compartilhado pelos diversos setores da sociedade daquilo que seria arte. E, embora o repertório pictórico de Rodrigo Andrade não se restrinja somente ao popular, ao pop, ou aos gêneros clássicos, expressões essas que possuem notadamente um apelo mais imediato ao grande público, seu interesse por esse tipo de pintura é sem dúvida recorrente, sobretudo naquilo que diz respeito a seu aspecto “democrático”. Mais precisamente, trata-se de um “desejo de encontrar nesse ideal democrático que une o vulgar e o sofisticado uma fonte de potência artística”[1], mais do que uma vontade de tornar sua pintura acessível ou popular.

Actualizado

el 07 ago de 2019
27 nov - 31 dic
Exposición en Cocktail Blues / Guadalajara, España
25 nov - 04 ene
Exposición en Espacio Cruce / Madrid, España

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme