convite para a exposição
Evento finalizado
19
dic 2014
28
feb 2015

Compártelo en redes

Cuándo: 19 dic de 2014 - 28 feb de 2015
Inauguración: 19 dic de 2014 / 19:00
Horario: seg a sex 10h às 21h | sab 10h às 17h
Precio: Entrada gratuita
Dónde: Ateliê da Imagem Espaço Cultural / Av. Pasteur, 453 Urca / Rio de Janeiro, Brasil
Comisariada por: Marco Antônio Portela
Organizada por: Ateliê da Imagem Espaço Cultural
Artistas participantes: Ana Stewart, Fábio Carvalho, Joaquim Paiva
Enlaces oficiales Web  Facebook  Twitter 
Teléfonos: (21) 2244 5660 | 2541 3314 | 2541 6930
Correo electrónico: info@ateliedaimagem.com.br
Etiquetas:
Publicada el 09 dic de 2014      Vista 180 veces

Descripción de la Exposición

Pensando o conceito de efígie – uma representação icônica – nos retratos feitos por fotógrafos em busca de atingir poderosas abstrações e ressignificações que propiciem um entendimento sobre a nossa natureza, vemos a aura e o poder de construção de uma imagem que representa o homem. As preocupações estéticas e os diálogos propostos na presente mostra ora se aproximam, ora se afastam desse conceito de representação, além de trazerem frescor e abrirem vias para análises poéticas distintas. Com isso, nos deparamos com uma investigação lírica, uma procura por atingir um grau de encantamento. E, também, com uma tentativa de nos eternizar, quase transformando todos nós em divindades. Temos, então, nesse espectro diverso, propositores de imagens procurando, cada um a sua forma, pensar como transfigurar aquilo que nos é mais próximo: nossa própria simulação imagética. Partindo do pressuposto que sempre nos reconhecemos representados em toda e qualquer imagem humana, o autorretrato tornaria-se dispensável. No entanto, ele está cada vez mais presente, e fica difícil imaginar sua ausência em tempos de tantos selfies. Deitando o olhar no conceito de alegoria, quando se representa simbolicamente um objeto para significar outro, visualizamos, nesta exposição, trabalhos empenhados em dizer além das aparências do que surge na superfície, expressando pensamentos e emoções, ultrapassando, até mesmo, a ideia de metáfora.  Lembrando que esta galeria está inscrita dentro de uma escola de imagem, não tememos correr o risco que assinalava Platão sobre jovens miradas: “quem é novo não é capaz de distinguir o que é alegórico do que não é”. Vamos procurar nos ver além do retrato, além do que somos, vamos nos perpetuar como uma efígie. Marco Antonio Portela (curador // comisario)

Actualizado

el 13 dic de 2014

Contactar

¿Quieres contactar con el gestor de la ficha?

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba