Glocalização ou Colapso. Obras da Coleção MG
Evento finalizado
01
nov 2014
04
ene 2015

Compártelo en redes

Cuándo: 01 nov de 2014 - 04 ene de 2015
Inauguración: 01 nov de 2014
Dónde: Associação Cultural EGA - Estudos Gerais de Alvito / . / Alvito, Braga, Portugal
Organizada por: Colecção Marín.Gaspar - Colecção MG
Publicada el 11 ago de 2019      Vista 2 veces

Descripción de la Exposición

Nesta exposição são apresentados trabalhos de Ana Linhares, Carlos Gaspar, Frederico Mendes, João Serra, Mariana Marote, Teresa Palma Rodrigues e Rodrigo Bettencourt da Câmara. A mostra conta com o apoio do Município de Alvito, da Associação EGA - Estudos Gerais de Alvito, da Direção Regional de Cultura do Alentejo e do Turismo do Alentejo-ERT, entre outras entidades. GLOCALIZAÇÃO OU COLAPSO. OBRAS DA COLEÇÃO MG, exposição que inaugurou o novo espaço da EGA - Estudos Gerais de Alvito (Associação Cultural), resultou de uma intensa colaboração com a Câmara Municipal de Alvito e foi concebida como desenvolvimento do eixo principal das atividades da EGA - o estudo dos fenómenos da localização e da globalização. Partindo das obras que fazem parte da Coleção Marin/Gaspar, o primeiro nome pensado para a exposição foi 'Do Local ao Global na Coleção MG' e, apesar de se manter a fidelidade ao espírito e ao conteúdo do projeto, operou-se uma mudança de título - Glocalização ou Colapso. Algumas obras da coleção MG - resultado que traduz melhor o fio condutor que o comissário João Fonte Santa prosseguiu e o sentimento que as imagens nos permitem, num processo que assentou num contínuo diálogo durante a seleção das obras, revelando-se como o aprofundamento da ideia original. O convite ao artista João Fonte Santa para pensar e comissariar esta mostra decorreu do impacto da sua recente exposição - O Colapso da Civilização - cujas peças centrais aqui estão patentes, e do facto, marginal mas de significado relevante, de ele próprio ter nascido em Alvito. Tendo como pano de fundo a obra de Jared M. Diamond Collapse: How Societies Choose to Fail or Succeed (2005), procuraram-se imagens que dão conta da interação e da projeção do local no global e interrogamo-nos se tal interação pode ser a resposta ao colapso tantas vezes profetizado e que acreditamos poder ser ainda contrariado. O local que se reabre agora à fruição pública tem ainda uma particular ressonância nos objetivos primaciais da EGA - a educação e o desenvolvimento. Neste contexto é simultaneamente homenageado um vulto grande da cultura portuguesa, o Arquiteto Adães Bermudes, cujo nome se logrou associar ao espaço. Esta exposição é organizada pela EGA - Estudos Gerais de Alvito, com o apoio da Direção Regional de Cultura do Alentejo, Município de Alvito, Turismo do Alentejo - ERT, CEDRU, ArteDispersion e Horta da Vila.

Actualizado

el 11 ago de 2019

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba