Seguimos poniendo a MUJERES EN EL FOCO ¿Las conoces?
Intervenções: A propósito do público e do privado
15
mar 2019
10
jul 2019

Compártelo en redes

Cuándo: 15 mar de 2019 - 10 jul de 2019
Inauguración: 15 mar de 2019
Dónde: Casa de Serralves / Parque de Serralves / Oporto, Porto, Portugal
Organizada por: Museu de Arte Contemporânea de Serralves
Artistas participantes: Antoni Muntadas
Enlaces oficiales Web 
Publicada el 15 mar de 2019      Vista 9 veces

Descripción de la Exposición

especificamente concebido e produzido para a Casa de Serralves em 1992. Constituído por 21 elementos em latão, cada um contendo a designação do correspondente espaço na Casa quando habitada e a fotografia da época (quando existente), o projeto representa uma das plataformas de pesquisa de eleição do artista. Sobre este seu projeto, Muntadas escreve na publicação editada por Serralves em 1992: "O projeto centra-se na observação e reflexão sobre o ‘privado’ e o ‘público’, as suas respetivas funções e o modo como um lugar privado se converte em lugar público e vice-versa. (...) É-me fácil perceber que muitas vezes o uso e a distribuição do espaço na esfera do ‘público’ recriam a organização hierárquica do ‘privado’. O ‘público’ e o ‘privado’ partilham estruturas de organização, poder e tomada de decisão aparentemente similares. A memória do ‘privado’ a partir da identificação de lugares ou espaços através de designações (textos/imagens) deverá constituir o ponto de partida para a reflexão sobre o uso e o consumo do ‘privado’ e do ‘público’ encarados numa perspetiva cultural (uma vez assumidas as perspetivas política e social).”

Actualizado

el 15 mar de 2019

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
01 mar - 30 abr
Miami, Florida, Estados Unidos
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba