¿Tienes menos de 35 años? ¡Participa en LA ARTEINFORMADA - próxima generación 2020! ¡Visibilízate!
Júlio Minervino. Mata adentro, montanhas ao longe
Evento finalizado
30
mar 2017
06
may 2017

Compártelo en redes

Cuándo: 30 mar de 2017 - 06 may de 2017
Inauguración: 30 mar de 2017 / 19:00
Precio: Entrada gratuita
Dónde: Ateliê Galeria Priscila Mainieri / Isabel de Castela, 274. Vila Madalena / São Paulo, Sao Paulo, Brasil
Organizada por: Ateliê Galeria Priscila Mainieri
Artistas participantes: Julio Minervino
Etiquetas:
Publicada el 30 mar de 2017      Vista 84 veces

Descripción de la Exposición

Perto e longe ou dentro e fora a paisagem desponta nos quadros como eventos das cenas da origem. Aqui afloram pinturas onde se projetam tessituras da memória e da alma. Antes mesmo de ser o repouso dos sentidos, a paisagem é a obra do espírito, segundo Simon Schama. Desse modo o trajeto mental e a apropriação cultural do conceito de paisagem dispõem nos trabalhos um lugar onde se fala dos olhares e valores de um mundo interior, aquilo que Fernando Pessoa chamaria a paisagem da alma. Rochas são montanhas ou montanhas são apenas pedras ampliadas? O mato, o matagal, talvez um bosque ou pedaço de floresta, são também portas de entrada de uma trajetória equivocada para a nossa imaginação? Júlio nos encerra em armadilhas, pois, ao mesmo tempo em que nos oferece o romântico luar, a tranquilidade da pequena garça, o luzir do céu, lança-nos em dilemas da representação, onde efeitos do mato, da pedra, da montanha, subitamente subvertem a noção verossímil da paisagem idealizada. De fato, se percorrermos os dois conjuntos: as montanhas e o mato, estaremos expostos num labirinto de "janelas" cujas composições estressam o espaço: haverá contrastes a todo tempo... Não haverá calma, nem mesmo um Locus Amoenus. Haverá uma provocação? Talvez sim... As pinturas expressam forças pictóricas, cujo embate busca conquistar uma natureza poética, pois como as vemos, são postas na diferença. Tudo isso é pintura, é pulsação de gestos, é movimento cromático, é expressão da vontade exposta em narrações visuais, que exige a deambulação do olhar. Feres Lourenço Khoury

Actualizado

el 30 mar de 2017

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
11 jul - 30 oct
Premio en Madrid, España
10 oct - 31 oct
Certamen en León, España
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba