Exposición en São Paulo, Sao Paulo, Brasil

Não um sonho

Dónde:
Simões de Assis - São Paulo [ESPACIO CERRADO] / Rua Sarandi, 113 A, Jardins / São Paulo, Sao Paulo, Brasil
Cuándo:
31 ago de 2021 - 23 oct de 2021
Inauguración:
31 ago de 2021 / 14 a 20 h.
Horario:
De lunes a viernes de 10 a 19 h., y sábados de 10 a 15 h.
Precio:
Entrada gratuita
Comisariada por:
Organizada por:
Descripción de la Exposición
Cícero Dias, Efigênia Rolim, Gretta Sarfaty, Hudinilson Jr., Ismael Nery, Louise Bourgeois, Niobe Xandó, Wanda Pimentel Com documentos de: Maria Martins e Meret Oppenheim A Simões de Assis, abre no dia 31/08 a coletiva “Não um sonho”, com curadoria de Mirtes Marins, com uma seleção de artistas, em sua maioria, mulheres, que abordam a temática do surrealismo. A exposição se inspira na obra da cineasta Germaine Dulac, La Coquille et le Clergyman (A Concha e o Clérigo), de 1927, reconhecida como o primeiro filme surrealista da história, antecipando o consagrado Um Chien Andalou (Um Cão Andaluz, 1929), de Luis Buñuel e Salvador Dalí. "Não um sonho" é a fala de abertura do filme experimental. Segundo Marins, a mostra parte desse trabalho "(...) para revisitar propostas surrealistas históricas e seus potenciais imaginativos e críticos, em um momento em que a própria realidade impõe restrições para a vida individual e social - até há pouco ... tempo, inimagináveis”. A noção de normalidade, de alguma forma, já ganhou novos sentidos após a experiência global com a pandemia. As imaginações dão espaço a novas possibilidades de reinvenção da realidade, e nesta exposição, podemos apontar o olhar para a liberdade que a produção de imagens mentais proporciona, seja durante os sonhos ou uma possibilidade de imaginar a vida. Mais do que isso, a exposição amplia seu escopo indo além de um recorte histórico do surrealismo, atualizando diálogos entre produções da década de 1920 e trabalhos criados ao longo dos anos 60, 70 e 80, como um exercício imaginativo enfatizando aspectos mais urgentes e atuais, como a subversão de linguagens, a discussão de gênero e o feminismo. O conjunto de obras e artistas, permite revisitar, por meio de obras e documentos, tanto o surrealismo histórico como atualizar suas pautas oníricas e iconoclastas. Seguindo a cronologia, os dois artistas que primeiro recebem o destaque e o reconhecimento histórico são nomes fundamentais do modernismo brasileiro: Cícero Dias e Ismael Nery. O primeiro, já mencionado como o “primeiro artista surrealista brasileiro”, participa com belíssimas aquarelas, enquanto o segundo traz trabalhos sugestivos ao estudo anatômico e à metamorfose, mas também, fazendo uma sutil alegoria sexual. Em seguida temos Niobe Xandó, com sua série de “Flores Fantásticas”, uma pesquisa inicial de sua carreira – anterior às Máscaras – em que a artista curtamente se dedica a um olhar fantasioso a plantas que ganham aspectos animalescos e até monstruosos, cheias de movimento e ação. Numa chave mais atual, Hudinilson Jr. e Gretta Sarfaty lançam mão do próprio corpo em investigações sobre a sexualidade, insuflando vida a objetos inanimados (de um lado a máquina de xerox, do outro uma longa corda de sisal). Já a artista Naïf Efigenia Rolim recupera os descartes cotidianos transformados em elementos de sonhos, enquanto Wanda Pimentel, com proximidade ao universo feminino, conecta-se diretamente com o filme de Dulac. A mostra, também inclui importantes participações internacionais: Louise Bourgeois, artista ilustre e mundialmente reconhecida pela sua produção íntima, participa com uma escultura de bronze e uma pintura (guache s/ papel), articulada com um documento de Meret Oppenheim (autora de Le Déjeuner en Fourrure, 1936), ícone das atividades surrealistas, que apresenta o cartão Convite para a exposição “dessins, Objets & Peintures”, 1973, realizada em Paris. Outro documento da mostra é o catálogo Amazônia, de Maria Martins, produzido em 1943 na ocasião de sua terceira exposição individual, na Valentine Gallery, em Nova York.

 

 

Entrada actualizada el el 31 ago de 2021

¿Te gustaría añadir o modificar algo de este perfil?

Infórmanos si has visto algún error en este contenido o eres este artista y quieres actualizarla. ARTEINFORMADO te agradece tu aportación a la comunidad del arte.

¿Quieres estar a la última de todas las exposiciones que te interesan?

Suscríbete al canal y recibe todas las novedades.

Recibir alertas de exposiciones

servicio galería de obra

¡Difunde tu obra en la mayor plataforma iberoamericana de arte!

  • Publica y difunde tus obras o las de tus artistas, enlazándolas con las exposiciones y ferias donde se presentan ¡Multiplicarás su visibilidad!
  • No cobramos comisión por venta. Solo facilitamos el contacto de tus clientes potenciales contigo.
  • Mostramos tus obras de forma natural, sugiriéndolas a nuestros usuarios por similitud de etiquetas, proximidad…
  • Las 5 primeras las tienes GRATIS ¡Pruébalo sin compromiso!
Premio
01 jun de 2024 - 30 jun de 2024

Bilbao, Vizcaya, España

Exposición
12 jun de 2024 - 02 sep de 2024

Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (MNCARS) / Madrid, España

Formación
21 sep de 2023 - 04 jul de 2024

Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (MNCARS) / Madrid, España

Exposición Online
12 jun de 2024 - 31 jul de 2024

Online

¿Quieres estar a la última de todas las exposiciones que te interesan?

Suscríbete al canal y recibe todas las novedades.

Recibir alertas de exposiciones