O meu mundo era mais mundo quando também era o seu
Evento finalizado
17
may 2014
07
jun 2014

Compártelo en redes

Cuándo: 17 may de 2014 - 07 jun de 2014
Inauguración: 16 may de 2014
Dónde: Galería INOX / Shopping Cassino Atlântico - Avenida Atlântica, 4240 subsolo 101 / Copacabana, Mato Grosso, Brasil
Organizada por: Galería INOX
Artistas participantes: Gabriela Maciel
Enlaces oficiales Web 
Publicada el 11 jul de 2018      Vista 2 veces

Descripción de la Exposición

Você entra no chamado “cubo” branco da galeria. Todos os objetos são brancos, quase assépticos. Aparentemente, são utensílios do cotidiano, mesa, garrafa, copo, travesseiros, lençóis, uma luminária quebrada, possivelmente um vaso e outros não tão facilmente nomeáveis. Entretanto, estão cobertos por tecidos – ou são os próprios – na cor branca. Um tanto fantasmagórico. Parece que as peças estão sendo protegidas, quem sabe por causa de uma mudança ou de uma obra. Mas o local não está em obras e tampouco trata-se de uma casa, é uma galeria de arte. Alguma coisa está fora da ordem. É preciso revelar: não há nada por baixo dos panos. O que você vê é o que há. Os tecidos foram plasmados pelos objetos que recobriam, que lhes deram formas e que, posteriormente, foram retirados. Não há coisa alguma encoberta. Todos os tecidos, incluindo os pregados na parede com metal (sem pigmento), estão cobertos com tinta branca, como lonas pintadas. Então, talvez os trabalhos ali não sejam esculturas, mas, sim, pinturas. É tela pintada, branco sobre branco, que cobre os objetos fantasmas. Exceto pelo lençol e pelo edredão, que são o que são, mas que também serviram de suporte para a tinta branca. Todas essas obras, que são esculturas, são pinturas, são o que vemos, pois não há coisa alguma escondida para se ver além. Os travesseiros, de aparência tão natural, são fronhas vazias, cujos botões do capitonê são parafusos e porcas, porém, ali, o metal não está à mostra, por estar coberto pela tinta branca. Em algumas das pinturas, há um craquelê, indicando a passagem do tempo, levando-nos a indagar desde quanto tudo aquilo está nessa situação. Alguma coisa está fora da ordem.

Actualizado

el 11 jul de 2018 por ARTEINFORMADO

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba