André Almeida e Sousa. Ciprestes, 2018. Foto: António Jorge Silva
22
nov 2019
02
feb 2020

Compártelo en redes

Publicada el 05 nov de 2019      Vista 2 veces

Descripción de la Exposición

Os artistas foram convidados a trabalhar livremente a partir da obra de Al Berto, na Oficina de Gravura da MArt, de modo a criar um corpo de trabalho que consistiria em séries de dez obras, múltiplas ou não. A fidelidade a uma matriz, a forma como esta é entendida e a consequente semelhança, dissemelhança e variação das provas entre si foram, em cada caso, escolhas pessoais, assumidas como pressuposto criativo ou como resultado do próprio processo de trabalho. Alguns destes artistas têm uma prática que não inclui a gravura ou a impressão, enquanto outros as incluem no seu trabalho e as utilizam de forma regular. Este projecto quis acolher e dar abertura a esta diversidade, proporcionando o encontro entre os diferentes percursos autorais e a obra de Al Berto e usando a gravura como ferramenta e forma de pensamento, pelo que a exposição apresenta uma grande diversidade visual e técnica.

Actualizado

el 05 nov de 2019

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
12 nov - 27 nov
Concurso en Calldetenes, Barcelona, España

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme