Enseña tus OBRAS en ARTEINFORMADO. ¡Cada día, más personas las miran!
perimetros3
Evento finalizado
10
jun 2020
01
ago 2020

Compártelo

Cuándo: 10 jun de 2020 - 01 ago de 2020
Inauguración: 10 jun de 2020 / 14:00
Precio: Entrada gratuita
Dónde: Adelina Instituto / Rua Cardoso de Almeida, 1285, Perdizes / São Paulo, Sao Paulo, Brasil
Comisariada por: Mario Gioia
Organizada por: Adelina Instituto
Artistas participantes: Claudia Hamerski
Enlaces oficiales Web  Facebook  Instagram 
Teléfonos: +551138680050
Correo electrónico: residencia@adelina.org.br
Etiquetas:
Publicada el 04 jun de 2020      Vista 51 veces

Descripción de la Exposición

A produção atual de Claudia Hamerski está concentrada nos processos de deslocamento pela cidade, relação entre fotografia e desenho, alteração de escalas, relações de localização e a insubordinação da paisagem ao arquitetonicamente instituído, e imbricações no processo criativo em desenho. Nesse sentido, o olhar para o processo, os elementos de invisibilidade, as oposições periferia e centro, a ressignificação de elementos, a ideia de lugar e atenção para o que está à margem têm feito parte do pensamento e produção da artista e ganham destaque na exposição. O foco central da exposição da artista, entre outras referências, teve como inspiração a leitura do livro do autor Yi-Fu Tuan sobre espaço e lugar. “As relações que vejo e que me fizeram pensar esse título, O lugar costuma ser o centro, dialogam com alguns pontos que me interessam, referentes a questões do trabalho. Na exposição estão contemplados desenhos a partir de registros feitos em Seberi, Porto Alegre e possivelmente na área próxima ao Instituto, três lugares estabelecendo relações/vivências diferentes para mim”, afirma Claudia. Para a exposição o lugar costuma ser o centro, Claudia Hamerski apresenta novos desdobramentos e abordagens em seu corpo de obra, agora mais colorido e ligado a uma ideia de origem e identidade. A fundamentação no desenho permanece, mas a investigação da paisagem lateral, periférica e menor, além de um comportamento multifacetado em termos de linguagem, podem ser destacados. O processo como dado basilar e disparador de configurações outras, tanto conceituais como plásticas, não pode ser esquecido. “A estreia da artista gaúcha em individuais em São Paulo notadamente surpreenderá quem a conhece apenas pelo virtuosismo dos grandes trabalhos em PB, que a fizeram reconhecida inclusive com premiações, como o Açorianos (categoria desenho), em 2016”, ressalta Mario Gioia. Com organização e curadoria de Mario Gioia , o projeto Perímetros visa aproximar artistas emergentes de produção consistentes fora do eixo Rio-São Paulo ao circuito paulistano através de exposições individuais. A seleção de artistas busca variedade de linguagens, origens e abordagens, porém sempre dando prioridade ao ineditismo e verticalidade do que é exposto.

Actualizado

el 18 jul de 2020

Contactar

¿Quieres contactar con el gestor de la ficha?
Compártelo
11 nov - 10 dic
Exposición en Die Ecke Arte Contemporáneo - Barcelona / Barcelona, España

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme