ProjectoMAP 2010–2020: Mapa ou Exposição
Evento finalizado
24
sep 2020
10
ene 2021

Compártelo

Publicada el 02 sep de 2020      Vista 96 veces

Descripción de la Exposición

CONCEITO PROJECTOMAP O ProjectoMAP é um projeto de curadoria, de pesquisa e mapeamento do universo da arte contemporânea em Portugal iniciado em 2010. Cada artista convidado a pertencer ao MAP — Mapa de Artistas de Portugal — deve sugerir dois nomes de artistas centrais no seu universo artístico e/ou pessoal, e é a partir desta nomeação direta de artista a artista que o mapa se desenvolve exponencialmente: um mapa de relações que se desenvolve perante o nosso olhar, em que os artistas se legitimam mutuamente. Ao longo dos últimos anos, o ProjectoMAP tornou-se uma das maiores plataformas online que se apresenta em formato de base de dados através de um mapa interativo, oferecendo uma leitura diferenciada da geografia da criação contemporânea portuguesa. O ProjectoMAP tem sido um fenómeno português com reconhecimento nacional e internacional, em cujo âmbito foram desenvolvidas conferências, apresentações e exposições a nível nacional e internacional. Atualmente o ProjectoMAP conta com mais de 350 artistas. CONCEITO EXPOSIÇÃO ProjectoMAP 2010–2020. Mapa ou Exposição O objetivo é a mostra de um processo de mapeamento cultural. É uma exposição que permite entender uma cena artística baseada num sistema de ligações entre os artistas, ligações subjetivas, do campo emocional e da amizade, bem como ligações fruto do campo referencial de trabalho. ProjectoMAP 2010–2020. Mapa ou Exposição não se resume ao conceito proposto e a uma simples amostra de obras que materializem uma linha curatorial; antes, propõe-se uma exposição como se de um organismo vivo se tratasse, uma mostra que permita entender várias formas de mapear ou compreender a cena artística, uma exposição em aberto. A exposição no Museu Coleção Berardo marca os 10 anos de história do ProjectoMAP — um projeto que é também uma leitura do panorama artístico português da última década, um mapa de relações, afinidades e cruzamentos entre práticas, discursos que influenciam a leitura da produção artística contemporânea. A partir deste entendimento, poder-se-á extrapolar para um olhar diverso, catalogando um período de tempo e um conjunto de questões comuns. ARTISTAS DE EXPOSIÇÃO Alberto Carneiro Alexandre Estrela Alexandre Farto aka Vhils Ana Hatherly Ana Jotta Ana Pérez-Quiroga Ana Vidigal Ana Vieira André Cepeda Ângela Ferreira António Bolota António Sena Bárbara Assis Pacheco Bruno Cidra Cabrita Carla Cabanas Carlos Bunga Carlos Lobo Cristina Ataíde Daniel Spoerri Délio Jasse Dieter Roth Diogo Bolota Ernesto de Sousa Fernanda Fragateiro Gabriela Albergaria Graça Pereira Coutinho Helena Almeida Inês Norton Joana Craveiro Joana Vasconcelos João Paulo Serafim João Queiroz João Tabarra Jorge Molder José Pedro Croft Julião Sarmento Leonor Antunes Lourdes Castro Luciana Fina Mafalda Santos Mané Pacheco Margarida Correia Michael Biberstein Miguel Bonneville Miguel Palma Mónica de Miranda Musa paradisiaca Nikias Skapinakis Nuno Sousa Vieira Paula Rego paula roush Paulo Arraiano Paulo Brighenti Paulo Lisboa Pedro Barateiro Pedro Calapez Ramiro Guerreiro Raquel Melgue Rita Gaspar Vieira Rodrigo Oliveira Rui Chafes Rui Toscano Sara & André Susana Anágua Tomaz Hipólito Wasted Rita

Actualizado

el 18 sep de 2020
Compártelo

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme