¿Tienes menos de 35 años? ¡Participa en LA ARTEINFORMADA - próxima generación 2020! ¡Visibilízate!
Gerry Bibby. Public
Evento finalizado
15
dic 2018
03
mar 2019

Compártelo en redes

Cuándo: 15 dic de 2018 - 03 mar de 2019
Inauguración: 15 dic de 2018 / 16h00
Precio: Entrada gratuita
Dónde: Lumiar Cité - Maumaus / Rua Tomás del Negro, 8A / Lisboa, Portugal
Organizada por: Lumiar Cité
Artistas participantes: Gerry Bibby
Publicada el 11 dic de 2018      Vista 25 veces

Descripción de la Exposición

Em Setembro de 2018, na sua primeira visita a Lisboa, Gerry Bibby foi o último artista a ser alojado no apartamento do Programa Internacional de Residências da Maumaus, localizado no Campo dos Mártires da Pátria. Bibby é também o primeiro artista a residir na localização provisória do Programa, na Rua dos Anjos. Baseando-se no interesse por aquilo que foi designado de “literaturas menores”, em PUBLIC, a sua primeira exposição individual em Portugal, o artista desenvolve um conjunto de esculturas pertencentes a uma série em curso e a novos trabalhos que reagem ao espaço e ao contexto da temporada que passou em Lisboa: 1. Recordando uma anedota mais que célebre sobre um arquiteto modernista e a inquietação do seu cliente com as consequências da encomenda na sua vida privada, PUBLIC reanima a interação que tanto sofrimento causou ao cliente, nomeadamente a oposição binária entre interior e exterior, público e privado. Algum cinema soube explorar as pressões psíquicas que a fachada de vidro herdou deste tipo de histórias. Acredite, eu conseguia entendê-la, de dezembro a janeiro e mesmo depois, não era só a época mais fria do ano, era também a mais escura, e, quando a noite caía, o interior iluminado tocava o exterior invisível, desdobrando-se em reflexos. 2. A fachada da loja (galeria) comunica com a rua através de linguagens próprias do comércio, ecoando uma perversão que estas dinâmicas atualmente reencenam. Se bem que atrás das faces de vidro dos nossos dispositivos, o PÚBLICO surge saturado de elementos pessoais: entre listas de compras e inventários de comportamentos privados, entretecem-se as linguagens do comércio e do desejo. Destroçado podia ver o meu próprio mal-estar a destacar-se. Não queria dramas incitados por revelações, era antes testemunha de incerteza e mudança com que conseguia sentir empatia. 3. Entretanto, permanecem as fisicalidades das arquiteturas e dos objetos, prontas a ser reclamadas por quem tenha a vontade ou o capital. As iniquidades em escala e em oportunidades produzem os antagonismos e as alianças que se manifestam em PUBLIC. Não sabia bem por onde começar. Pareceu-me que as crises ocorriam nos planos mais fundamentais da sustentação e do espaço, crescendo em espiral, e foi aí que comecei, numa tentativa de exercer controlo. Sem querer simplesmente reiterar o sintomático, independentemente da posição a partir da qual o consideramos, PUBLIC é uma arena de contestação e de contradição. Gerry Bibby vive e trabalha em Berlim. Entre os seus projetos e exposições individuais recentes, destacam-se: “Game on Tilt”, Midway Contemporary Art, Minneapolis (2018); “In Case of Emergency”, O-Town House, Los Angeles (2018); “Auto Fictions”, Taylor Macklin, Zurique (2017); “Conversation in a Yes/No Landscape. Insect Incest” (com Henrik Olesen), Deborah Schamoni, Munique (2016); “Flexing Muscle” (com the Bureau of Writing), 20th Biennale of Sydney (2016); “Yes No Future”, Point Center for Contemporary Art, Nicosia, Chipre (2015); “KUB Arena” (com Juliette Blightman), Kunsthaus Bregenz (2014); “Combination Boiler”, The Showroom, Londres (2014); Frieze Projects, Frieze London (2013); e La Biennale de Lyon (2013). Entre as instituições onde o seu trabalho foi apresentado em exposições coletivas, destacam-se: Statens Museum for Kunst (Copenhaga), Institute of Modern Art (Brisbane), Kunsthalle Bern, Museum für Gegenwartskunst (Basileia), Hamburger Bahnhof (Berlim), Arnolfini (Bristol), Serpentine Galleries (Londres), Bergen Kunsthall e Palais de Tokyo (Paris). Bibby é autor da publicação “The Drumhead” (Sternberg Press, Berlim, 2014) e colaborador da revista de arte “Starship” (Berlim). Coprodução da Maumaus / Lumiar Cité e do Goethe-Institut Portugal, no âmbito da parceria para o Programa Internacional de Residências da Maumaus.

Actualizado

el 11 dic de 2018

Contactar

¿Quieres contactar con el gestor de la ficha?

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
11 jul - 30 oct
Premio en Madrid, España
15 oct - 15 ene
Premio en Salas Bajas, Huesca, España
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba