¿Tienes menos de 35 años? ¡Participa en LA ARTEINFORMADA - próxima generación 2020! ¡Visibilízate!
ULIE MEHRETU. PALIMPSEST
Evento finalizado
19
may 2017
03
sep 2017

Compártelo en redes

Cuándo: 19 may de 2017 - 03 sep de 2017
Inauguración: 19 may de 2017
Dónde: Museu de Arte Contemporânea de Serralves / Rua D. João de Castro, 210 / Oporto, Porto, Portugal
Comisariada por: Suzanne Cotter, Vicente Todolí
Organizada por: Museu de Arte Contemporânea de Serralves
Artistas participantes: Julie Mehretu
Enlaces oficiales Web 
Publicada el 25 ene de 2017      Vista 181 veces

Descripción de la Exposición

Ocupando a galeria central e as salas da ala esquerda do Museu, esta importante exposição apresenta 20 anos de pintura e desenhos de Julie Mehretu (Addis Ababa, Etiópia, 1970), desde 1996 até aos nossos dias. Mehretu é uma das mais importantes artistas a trabalhar na atualidade e esta será a sua primeira exposição em Portugal. As suas pinturas redefiniram a forma como pensamos a pintura enquanto instrumento de mapeamento do mundo, no tempo e no espaço. Embora seja principalmente conhecida pelas suas pinturas monumentais que combinam plantas arquitetónicas e mapas de cidades – numa investigação sobre as temáticas da globalização e da identidade –, a sua prática baseia-se numa exploração simultaneamente rigorosa e explosiva do desenho, que evoca várias referências, que vão dos desenhos surrealistas até à caligrafia chinesa, passando pelas experiências pictóricas de Henri Michaux realizadas sob o efeito da mescalina. Apagamentos, eliminações são tão importantes quanto as marcas realizadas pela artista, dando origem a um palimpsesto de espaços construídos de memória visual e cultural. Mehretu participou em inúmeras exposições internacionais e bienais que lhe garantiram reconhecimento internacional, incluindo, em 2005, o American Art Award from the Whitney Museum of American Art, Nova Iorque, e o prestigiante MacArthur Fellows award. Em 2009 e 2010 Mehretu expôs um ciclo de grandes pinturas no Deutsche Guggenheim Berlin, que depois viajou para o Solomon R. Guggenheim Museum, em Nova Iorque. O seu monumental painel de pinturas Mogamma, parte de uma meditação ainda em curso sobre locais de revolução e mudança social, foi comissionado para a Documenta XIII, em 2013. A exposição coorganizada pelo Museu de Arte Contemporânea de Serralves e pela Fundación Botín, é comissariada por Suzanne Cotter, Diretora do Museu e Vicente Todolí, Presidente, Comissão de Artes Plásticas, Fundación Botín, Santander.

Actualizado

el 12 may de 2017

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
15 oct - 31 oct
Exposición en Ateneo de Sevilla / Sevilla, España
01 ago - 15 nov
Beca en Suances, Cantabria, España
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba