¿Crees que es TIEMPO DE ACTUAR? ¡Publica tus OBRAS que reflexionen sobre ello antes del próximo día 21!
Nacimiento: 1940 en Coimbra, Portugal
Fallecimiento: 2016 en Lisboa, Portugal
Exposiciones individuales vigentes: Através de… Ana Vieira na Coleção de Serralves, Playmode
Próximas exposiciones colectivas: Os Meus Heróis Parte I
Profesionales que le han comisariado:
Ferias en las que participa con OBRA : ARCOmadrid 2018, SP-Arte 15, ARCOmadrid 2015
Galerías y otras organizaciones que le representan: Galeria Graça Brandão
Organizaciones con obra: Arquipélago Centro de Artes Contemporâneas, Espaço NOVO BANCO - Colección NBart, Fundação Calouste Gulbenkian
Profesionales con obra: Colección Luiz Augusto Teixeira de Freitas y Beatriz Quintella, Colección Norlinda y José Lima
Enlaces oficiales Web 
Publicada el 03 jun de 2014      Vista 608 veces

Descripción del Artista

Ana Vieira nasceu em 1940, em Coimbra. Cresceu na ilha de S. Miguel, nos Açores. Viveu e trabalhou em Lisboa, cidade onde faleceu em 2016. Tem desenvolvido uma forte linha de trabalho organizada em torno da criação de ambientes que se traduz na exploração do espaço, escala e percursos, e consequentemente, em novas formas de percepcionar a arte. O som é recorrente nos seus trabalhos. Participou em diversas exposições colectivas e individuais, de que se destacam: Alternativa Zero – Tendências na Arte Portuguesa Contemporânea, organizada por Ernesto de Sousa em 1977, e a exposição antológica que a Fundação de Serralves lhe dedicou em 1998. Em 2010, apresentou no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, a exposição Muros de Abrigo/Shelter Walls, em 2014 na Galeria Graça Brandão em Lisboa a exposição individual Inquietação e apresentou também em 2015 um projecto individual na SP Arte Fair, São Paulo, Brasil, com curadoria de Jacopo Crivelli Visconti. Em 1985, foi galardoada com o prémio conjunto da AICA – Associação Internacional de Críticos de Arte e da SEC – Secretaria de Estado da Cultura. Repetidas vezes, colaborou com companhias teatrais na construção dos figurinos e cenários das suas peças, como por exemplo Os Sequestradores de Altona, de Jean-Paul Sartre, no Teatro Tivoli em Lisboa, em 1979. O seu trabalho está representado em diversas colecções. Texto extraído de la galería Graça Brandao: http://www.galeriagracabrandao.com/web/pt/portfolio_page/ana-vieira/

Actualizado

el 11 dic de 2019

Exposiciones en las que ha participado como artista

Através de… Ana Vieira na Coleção de Serralves
Vigente
05 dic de 2019 - 29 ene de 2020

Através de… Ana Vieira na Coleção de Serralves

Câmara Municipal de Barcelos / Barcelos, Braga, Portugal

House of Cards #3. Brad Downey, 2007. Foto: Brad Downey
Vigente
11 sep de 2019 - 17 feb de 2020

Playmode

Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT) / Lisboa, Portugal

Ana Vieira, Ambiente, 1972, Col. Fundação de Serralves – Museu de Arte Contemporânea, Porto. Foto Filipe Braga © Fundação de Serralves, Porto
21 sep de 2018 - 04 nov de 2018

Através de… Ana Vieira na Coleção de Serralves

Casa de Serralves / Oporto, Porto, Portugal


Os Meus Heróis Parte I
Desde 14 dic de 2019

Os Meus Heróis Parte I

Galeria Graça Brandão / Lisboa, Portugal

Cortesía Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva
21 mar de 2019 - 23 jun de 2019

A metade do céu

Museu Arpad Szenes - Vieira da Silva / Lisboa, Portugal

Transantiquity — Cortesía de la Galeria Municipal do Porto
08 dic de 2018 - 17 feb de 2019

Transantiquity

Galeria Municipal do Porto / Porto, Portugal


Compártelo
Noticias relacionadas
volver arriba