Thiago Barbalho

Compártelo en redes

Nacimiento: 1984 en Natal, Rio Grande do Norte, Brasil
Residencia: Reside en São Paulo, Sao Paulo, Brasil
Próximas exposiciones individuales: Correspondência
Enlaces oficiales Web 
Publicada el 01 feb de 2019      Vista 5 veces

Descripción del Artista

Estudou filosofia e direito e fez mestrado em filosofia. Em 2007 e 2008, morou em Amsterdã e três anos depois mudou-se para São Paulo. Trabalhou nas editoras Biblioteca Azul/Globo, Publifolha e Scipione, foi assistente dos artistas Alexandre da Cunha e AVAF. Publicou os livros "Um homem bom" (contos, Iluminuras, 2017), “Doritos” (poesia, Vira-Lata, 2013) e “Thiago Barbalho vai para o fundo do poço” (romance, Edith, 2012). Tem textos no zine SILVA (org. por Ricardo Lísias), na VICE, na coluna de Glauco Mattoso e na revista Pesquisa Fapesp. Criou o selo editorial Edições Vira-Lata, pelo qual lançou zines em colaboração com artistas visuais e participou das feiras Plana e Tijuana. Também criou e editou a Revista Rosa, publicação virtual de arte e literatura queer. De abril a novembro de 2017, fez residência de arte no espaço Pivô, em São Paulo. No mesmo ano, participou da exposição “Voyage”, na galeria Bergamin & Gomide, com curadoria de Alexandre da Cunha, e expôs em coletiva no espaço Gasworks, em Londres. Em 2018 participa da exposição “Rocambole” em parceria com as artistas Yuli Yamagata e Flora Rebollo no Pivô (SP) – prevista para nova edição em Portugal, em fevereiro de 2019. Em julho de 2018 faz exposição individual no Kupfer Project Space, em Londres, com curadoria de Kiki Mazzucchelli. Nesta ocasião, tem o conto “O homem sem limites” traduzido para o inglês pela curadora e publicado na ocasião da exposição. Em julho do mesmo ano participa da exposição “Hecatombe”, na galeria Sancovsky (São Paulo). Em setembro de 2018 participa da exposição "Aquele Vestígio Assim... Feérico", de AVAF, na Casa Triângulo (São Paulo).

Actualizado

el 12 jul de 2019

Contactar

¿Quieres contactar con el gestor de la ficha?

Exposiciones en las que ha participado como artista

THIAGO BARBALHO, 2019 A REDENÇÃO IDIÓTICA.  LÁPIS DE COR, MARCADOR PERMANENTE, LÁPIS GRAFITE, CANETA, SPRAY, ÓLEO. ACRÍLICA E ADESIVO SOBRE PAPEL. 234 x 160 cm.
10 ago de 2019 - 14 sep de 2019

Correspondência

Marilia Razuk - Sala 2 / São Paulo, Sao Paulo, Brasil


Rocambole
23 feb de 2019 - 27 abr de 2019

Rocambole

Kunsthalle Lissabon / Lisboa, Portugal


Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
volver arriba