¿Quieres que informemos de TUS PROYECTOS? ¡Cuéntanoslos!
Abdias Nascimento: um espírito libertador
14
abr 2019
04
ago 2019

Compártelo en redes

Publicada el 14 may de 2019      Vista 1 veces

Descripción de la Exposición

Trata-se da maior exposição já realizada da produção de pintura do ativista, político, professor, ator e teatrólogo Abdias Nascimento – importante nome para a história do movimento negro no Brasil e no mundo. Possuía também uma constante produção como artista visual em especial no campo da pintura. Nas cinco paredes do Salão Principal, serão mais de trinta obras produzidas por ele em um arco temporal que vai desde as décadas de 1960 até o final de 1990. “Entre os temas explorados, é visível o estudo e representação não apenas do corpo humano negro, mas especialmente das muitas narrativas advindas das religiões africanas e afro-brasileiras”, explica Raphael Fonseca. Grande parte de suas pinturas diz respeito à representação de orixás e, é constante nas suas imagens,as presenças de Iemanjá, Xangô, Ogum, Oxossi e Exu. Tendo vivido mais de dez anos nos Estados Unidos, é possível encontrar, ainda, uma série de obras que tratam desse encontro com a cultura norte-americana e com o movimento negro já solidificado ali. Por fim, uma série de pinturas dialogam com as tradições dos adrinkras, símbolos ideográficos encontrados em parte de Gana e da Costa do Marfim e que, nas pinturas de Abdias, aparecem como elementos entre a abstração e a comunicação não-verbal. Uma série de documentos (em sua maioria cartazes, entrevistas e fotografias) também compõem o aspecto documental da mostra.

Actualizado

el 14 may de 2019

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
20 jun - 23 jun
Exposición en Festiarte / Marbella, Málaga, España
Traducción e interpretación
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba