¿Tienes menos de 35 años? ¡Participa en LA ARTEINFORMADA - próxima generación 2020! ¡Visibilízate!
Ana Pérez-Quiroga
Evento finalizado
23
mar 2016
28
may 2016

Compártelo en redes

Cuándo: 23 mar de 2016 - 28 may de 2016
Inauguración: 22 mar de 2016 / 18:30
Dónde: Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico / Rua da Palma, 246. 1100-394 / Lisboa, Portugal
Comisariada por: Luísa Santos
Organizada por: Arquivo Municipal de Lisboa | Fotográfico
Artistas participantes: Ana Pérez-Quiroga
Publicada el 16 mar de 2016      Vista 87 veces

Descripción de la Exposición

“Esta é uma Instalação dos registos fotográficos que fiz dos objetos, alguns dos quais em exposição, que possuo na minha casa situada na Rua Áurea, 170, 5º, em Lisboa, onde vivo desde 1998. Eu, enquanto artista, tenho uma obsessão por objetos e escolho cada um, de forma consciente, para fazerem parte do meu mundo/habitat. Quando, em 2010, me apercebi que as escolhas a que submeto os objetos são idênticas às que faço quando produzo arte - i.e., partilham o mesmo protocolo artístico - materializei o projeto da casa enquanto Instalação. Assim, apresento a minha casa como um espaço de criação artística no contexto da vida quotidiana. A existência das fotografias parte da minha necessidade de mapear e catalogar o quotidiano. Os objetos, vistos nas 1388 fotografias, são banais e fazem parte da minha vida quotidiana, num processo diário de fusão Arte/Vida. Estas fotografias foram selecionadas por serem representativas das categorias ou localizações em que se inserem.” Ana Pérez-Quiroga Ana Pérez-Quiroga – Escultora. Nasceu em 1960, em Coimbra, Portugal. Vive e trabalha entre Lisboa e Xangai. Licenciada em Escultura pela Faculdade de Belas Artes Universidade de Lisboa (FBAUL), fez o Curso Avançado de Artes Plásticas, do Ar.Co, Mestrado em Artes Visuais Intermédia, na Universidade de Évora e é doutoranda no Curso de Doutoramento em Artes da Universidade de Coimbra. Bolseira da Fundação para a Ciência e Tecnologia. Expõe regularmente desde 1999, destacando-se as participações institucionais na Culturgest, Lisboa, Portugal – “Disseminações” (2001), Centro de Arte de Salamanca, Espanha – “Comer o no Comer” (2002), Falconer Gallery, Grinnell, Iowa, USA – “Where Are You From?” Contemporary Art from Portugal (2008), MoCA (Museum of Contemporary Art), Shanghai – “Made in Shanghai” (2008) Museu do Chiado/MNAC – “Arte Portuguesa do séc. XX 1960-2010” (2012) e Palácio dos Duques, Guimarães – “Assalto ao Castelo em 3 Atos” e no China World Art Museum, Pequin, China “Onde É A China?”, 2014. Das principais exposições individuais destacam-se, no Museu do Chiado/MNAC – “Breviário do Quotidiano #2” (1999), no Museu Nacional de Arte Antiga – “Natureza-morta” (2004), no Museu Nogueira da Silva, Braga – “From:, To:, Via:” (2012), Museu do Neo-Realismo, Vila Franca de Xira – “Obra sem senão” (2012), Museu de Arte Popular, Lisboa “Antes morta que Burra” (2014) e no Convento de Cristo, Tomar “Tomar que chova” (2015) Está representada nas coleções do Museu do Chiado /MNAC), da Caixa Geral de Depósitos, do Ar.Co, da Câmara Municipal de Lisboa e do Museu do Neo-Realismo. Foi distinguida com o prémio da Sociedade Portuguesa de Autores para a melhor exposição de Artes Plásticas de 2014. Trabalha essencialmente com instalação, objetos, fotografia e performance, e as suas temáticas centram-se em torno do quotidiano e seu mapeamento, a importância dos objetos comuns e problemáticas de género.

Actualizado

el 16 mar de 2016

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
15 oct - 11 feb
Curso en LENS Escuela de Artes Visuales / Madrid, España
ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba