Enseña tus OBRAS en ARTEINFORMADO. ¡Cada día, más personas las miran!
Manoela Medeiros, Eclipse. Concreto e escavação na parede — Cortesía de Kubikgallery
18
sep 2020
14
nov 2020

Compártelo

Cuándo: 18 sep de 2020 - 14 nov de 2020
Inauguración: 18 sep de 2020 / 19:00
Precio: Entrada gratuita
Dónde: Kubikgallery / Rua da Restauração, 6 / Oporto, Porto, Portugal
Organizada por: Kubikgallery
Artistas participantes: Manoela Medeiros
Publicada el 31 ago de 2020      Vista 31 veces

Descripción de la Exposición

A obra de Manoela Medeiros utiliza diferentes meios, principalmente escultura, pintura, performance e instalações que articulam as relações entre linguagem, natureza e ruína. A sua investigação concentra-se no deslocamento do espaço e da sua arquitetura, na materialização de ciclos e ecossistemas, na construção de uma realidade complexa dentro da qual a distinção entre natureza e cultura desaparece em favor de um dualismo vitalista. A investigação de Manoela Medeiros vai desde a arqueologia contemporânea onde a artista observa que a história está em constante mutação e contestação à ecologia solidária onde o mundo só existe através da interação de materiais entre eles. Manoela Medeiros (1991, Rio de Janeiro, Brasil) Vive e trabalha entre França e Brasil. A artista estudou na EAV Parque Lage (Rio de Janeiro, 2009 e 2015) e na École des Beaux Arts (Paris, 2012). Manoela participa ativamente em várias exposições e residências. As suas exposições individuais incluem: L'être Dissout Dans Le Monde, Chloé Salgado (Paris, 2019), Poeira Varrida, Fortes D’Aloia & Gabriel (São Paulo, 2017); Falling Walls, Double V Gallery (Marseille, 2017), Instruções para construção de uma Ruína, Casamata (Rio de Janeiro, 2016). Destacam-se as exposições coletivas e prémios: Espaces Témoins, Praz-Delavallade (Paris, 2018), Pipa Prize, MAM (Nominée, Brésil, 2018), Vivemos na melhor cidade da América do Sul, Fundação Iberê Camargo (Porto Alegre,2018), 67ème prix Jeune Création, Thaddaeus Ropac (Pantin, 2017), 62ème Salon de Montrouge, Le Beffroi (Montrouge, 2017); Hallstatt, Fortes D’Aloia & Gabriel (São Paulo, 2016); In Between, Bergamin & Gomide (São Paulo, 2016), 11º Abre Alas, A Gentil Carioca, (Rio de Janeiro, 2015); Quarta-feira de cinzas, EAV Parque Lage (Rio de Janeiro, 2015); Verbo, Vermelho (São Paulo, 2015). Among hers residencys: Cité Des Arts (Paris, 2019-2018), Pivô (São Paulo, 2018), FAAP (São Paulo, 2017). É co-fundadora do espaço Átomos (Rio de Janeiro, Brasil).

Actualizado

el 11 sep de 2020