Exposición en Lisboa, Portugal

estrela-lágrima

Dónde:
3+1 Arte Contemporánea / Largo Hintze Ribeiro 2E-F / Lisboa, Portugal
Cuándo:
01 mar de 2024 - 27 abr de 2024
Inauguración:
01 mar de 2024 / 18h - 21h.
Precio:
Entrada gratuita
Organizada por:
Artistas participantes:
Enlaces oficiales:
Web 
Teléfonos:
+351 210 170 765
Correo electrónico:
galeria@3m1arte.com
Descripción de la Exposición
A 3+1 Arte Contemporânea tem o prazer de apresentar "estrela-lágrima", a mais recente exposição individual de Inês Brites (Coimbra, 1992) na galeria. O trabalho de Inês Brites refere-se ao que é familiar, partindo de objectos encontrados e produzidos, numa conversa exploratória dos materiais e da sua finalidade. Usando técnicas pouco ortodoxas, a artista questiona o significado dos objectos, analisando o impacto destes corpos no indivíduo, na sociedade e na cultura, através das memórias do nosso quotidiano e intimidade. As suas obras são regidas pela curiosidade, vulnerabilidade, humor e vontade de relacionar diferentes materialidades. estrela-lágrima é o nome de uma estrela que está unida pela gravidade a uma estrela morta. O intenso magnetismo que as arrasta e vincula uma à outra forma o desenho de uma lágrima. Cada vez mais próximos um do outro, os dois corpos esperam o seu momento de colisão para se fundirem e deixarem de existir individualmente. Da mesma ... forma, as obras de estrela-lágrima também estão ligadas a um par, criando uma relação entre dois objectos que imergem num só. A exposição transporta-nos para um outro universo, um ambiente místico, onde motivos naturais servem de suporte a objectos manufacturados. Estes elementos coexistem numa relação amorosa, ondem se unem, invertem papéis e apoiam-se uns aos outros. Encontramo-nos assim num jardim de esculturas que nos fala sobre as coisas que andam soltas no mundo e que se encontram inevitavelmente. Após esse especial encontro, por mais fugaz que tenha sido, nunca mais voltam a ser as mesmas. Inês Brites (Coimbra, 1992) vive e trabalha em Lisboa. Inês fez a Licenciatura em Pintura na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa e estudou no KASK: Conservatorium & School of Arts em Ghent, Bélgica. Desde 2015, participa em vários projectos e exposições, destacando as exposições individuais: interroguei os espíritos dos corredores, curadoria de Joana Leão, Livraria ZDB, Galeria Zé dos Bois, Lisboa; Com Licença, O Armário Móvel, curadoria de Benedita Pestana, Maus Hábitos/Saco Azul, Porto (2022) e Há Mais Água a Entrar no Solo na Galeria 3+1 Arte Contemporânea (2021). Das exposições colectivas destaca: Fictional Futures, com curadoria de Joana Kramer Horta, Rua das Gaivotas 6, Lisboa (2023); Quem nos salva?, com curadoria de Ana Cachola, Museu de Arte Contemporânea de Elvas, Elvas (2022); No Past, No Future: The Present is Looped com curadoria de Victor Pinto da Fonseca, na Plataforma Revólver, Lisboa (2021); Um Corpo, Um Rio com curadoria de David Revés, na Galeria Liminare, Lisboa (2021); Dear Image Part II (2020) na 3+1 Arte Contemporânea; White Safari Tent — com Aled Simons, na G39 em Cardiff, UK (2020); O Stand 1.1 — com Sara Mealha, n’O Stand Project (2020), Reality Check, no Las Palmas Project (2019); Pausa, curadoria de Pedro Batista, no Esqina Cosmopolitan Lodge (2019); Tu Não Viste Nada, curadoria de Tiago Baptista, no Duplex AIR (2019); Mellifluous Elephant, curadoria de Francisca Aires Mateus, na Casa da Dona Laura (2019); I Will Take The Risk, curadoria de Carolina Forjaz Trigueiros, no Espaço Azan / Tomaz Hipólito Studio (2019); The Dog is Very Confused, curadoria de Kasia Sobczak, na Galeria FOCO (2018). Publicou no Diálogos 11 da Umbigo nº76 (Abril 2021), com texto de José Pardal Pina; no Inquérito a 263 artistas, por Sara & André, Edição Especial Contemporânea (2020); na Destroy Youth intitulado Wanted Love, Connection Failed (Maio 2020) e na Revista Dose, nº2 (Março 2019). Integrou ainda, o projecto Ciclo de Amizades (2019-2022), parcerias no seu próprio atelier; Bioluminescência, de Filipa Matta (2019), para A Peça que Faltava, emitido na RTP2. Uma adaptação do projecto-performance foi apresentada ao vivo no ciclo Segundas Na Z, da Galeria Zé dos Bois, no início de 2020. A sua obra integra a colecção António Cachola, Portugal; Coleção de Serralves, Portugal; Colecção Oliva Arauna, Espanha; bem como outras colecções privadas em Portugal.

 

 

Entrada actualizada el el 22 feb de 2024

¿Te gustaría añadir o modificar algo de este perfil?

Infórmanos si has visto algún error en este contenido o eres este artista y quieres actualizarla. O si lo prefieres, también puedes ponerte en contacto con su autor. ARTEINFORMADO te agradece tu aportación a la comunidad del arte.

¿Quieres estar a la última de todas las exposiciones que te interesan?

Suscríbete al canal y recibe todas las novedades.

Recibir alertas de exposiciones

Plan Avanzado

¡Posiciona tu galería o museo a través de nuestra plataforma!

  • Publica y promociona hasta 500 obras de tus artistas.
  • Contacta con tus clientes potenciales desde cada una de ellas ¡No cobramos comisiones!
  • Da mayor visibilidad a tus eventos o exposiciones ¡Te garantizamos un acceso destacado a todas ellas!
  • Accede al Algoritmo de ARTEINFORMADO y mantente informado sobre los artistas con mayor crecimiento en los últimos 5 años.
  • Conecta con la gente del sector como artistas o coleccionistas a través de sus perfiles.
Exposición
21 may de 2024 - 22 sep de 2024

Museo Nacional del Prado / Madrid, España

Formación
21 sep de 2023 - 04 jul de 2024

Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (MNCARS) / Madrid, España

Exposición Online
¿Quieres estar a la última de todas las exposiciones que te interesan?

Suscríbete al canal y recibe todas las novedades.

Recibir alertas de exposiciones