¿Tienes menos de 35 años? ¡Participa en LA ARTEINFORMADA - próxima generación 2020! ¡Visibilízate!
José e Paulina Nemirovsky

Compártelo en redes

Nacimiento: São Paulo, Sao Paulo, Brasil
Residencia: Reside en São Paulo, Sao Paulo, Brasil
Artistas en su colección de arte: Alfredo Volpi, Emiliano Di Cavalcanti, Ismael Nery,
Etiquetas:
Publicada el 10 mar de 2016      Vista 197 veces

Descripción del Profesional del arte

Formada pelo casal José e Paulina Nemirovsky, a Coleção Nemirovsky é um dos tesouros de arte moderna do país. Exibido desde 2006 na Estação Pinacoteca, o conjunto soma 270 obras. Arnaldo Spindel o diretor financeiro e curador artístico da coleção particular formada a partir do fim dos anos 1950 pelo casal- José morreu em 1987, e Paulina, em 2005. José Nemirovsky nasceu na Argentina, mas, ainda bebê, veio com a família para o Rio, onde formou-se em Medicina. Paulina Pistrak era carioca, mas criada em São Paulo. Os dois se conheceram no carnaval de 1943, mesmo ano em que se casaram. Moraram seis meses no Rio, mas logo se mudaram para São Paulo, onde José largou a Medicina e foi trabalhar na empresa da família da mulher, a Companhia Suzano de Papel e Celulose. O casal Nemirovsky comprou sua primeira obra de arte em 1958: um busto de profeta atribuído a Aleijadinho. Logo descobriu que a peça, na verdade, tinha sido feita por um artista barroco alemão. Mas o profeta, no fim das contas, foi o marco zero da mais importante coleção particular brasileira de arte, que chegou a cerca de 260 obras. Além de obras de artistas como Di Cavalcanti, Ismael Nery, Victor Brecheret, Alfredo Volpi, Mira Schendel e Lygia Clark, a coleção inclui arte sacra, arte popular e trabalhos de artistas das vanguardas históricas europeias, como Pablo Picasso. Na segunda metade dos anos 1980, o casal criou a Fundação para guardar suas obras. De início, a sede da Fundação era na residência dos Nemirovsky, onde os quadros ficavam. No bairro dos Jardins, a casa - projeto do arquiteto Jorge Zalszupin, inspirado em Gaudí - era também uma obra de arte. Algumas das obras mais famosas dos Nemirovskys - a tela "Mulheres na janela", de Di Cavalcanti, 1926), as gravuras "O pintor e seu modelo" e "Minotauro, bebedor e mulçheres", de Picasso, e o guache "Casal", de Lasar Segall - foram roubadas em 2008 da Estação Pinacoteca, e recuperadas pela polícia alguns meses depois.

Actualizado

el 10 mar de 2016

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

{{ artwork.title | limitTo:16 }}, {{ artwork.year }}
{{ artwork.artistName | limitTo:28 }}
Compártelo en redes
volver arriba