Confluências. Vieira da Silva e Arpad Szenes
Evento finalizado
06
oct 2017
26
nov 2017

Compártelo en redes

Cuándo: 06 oct de 2017 - 26 nov de 2017
Inauguración: 06 oct de 2017
Dónde: Centro Cultural Conde Duque / Conde Duque, 11 / Madrid, España
Comisariada por: Marina Bairrão Ruivo
Organizada por: Centro Cultural Conde Duque, Fundación Museu Arpad Szenes - Vieira da Silva
Publicada el 03 oct de 2017      Vista 458 veces

Descripción de la Exposición

A exposição “Confluências. Vieira da Silva e Arpad Szenes”, organizada pela Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva a convite da Embaixada de Portugal em Madrid, integra o evento “Cultura Portugal - 15ª Mostra da Cultura Portuguesa em Espanha” e vai estar patente no Centro Cultural Conde Duque, em Madrid, entre 6 de Outubro e 26 de Novembro de 2017. A importância do acontecimento levou a Fundação a seleccionar um conjunto de mais de cem obras provenientes da sua coleção que se encontra exposta no Museu, em Lisboa, mas também da Fundação Calouste Gulbenkian bem como de outros coleccionadores institucionais e privados. As obras escolhidas e o confronto entre elas permitem uma visão global da importância destes artistas no contexto da criação contemporânea do século XX e em particular da Escola de Paris a que ambos pertenceram. Ainda que a obra de ambos tenha como referente comum a representação espacial, as reflexões plásticas de Vieira da Silva e de Arpad Szenes cedo bifurcaram: Vieira explora o espaço através das estruturas que compõem a base da sua linguagem pictórica – a grelha e a espiral, que permitem compartimentar e multiplicar diferentes espaços na mesma superfície; por sua vez, Arpad opta por representações mais figurativas, pelas potencialidades da abstração, explorada principalmente nas suas paisagens, reais ou imaginárias, em que as texturas, a luz e a atmosfera se assumem como elementos centrais. As diferenças e semelhanças na pintura de Arpad e Vieira ao longo das décadas reflectem, para além das pesquisas e reflexões mais conceptuais e intelectuais, as suas características de personalidade e os seus traços emocionais. Com curadoria de Marina Bairrão Ruivo, esta é a maior exposição de Vieira da Silva e Arpad Szenes alguma vez realizada em Espanha, sendo que a Vieira da Silva se dedicaram já exposições na Galeria Joan Prats em Barcelona (em 1980), no Museu de Belas Artes de Bilbau (1983), na Fundación Juan March em Madrid (1991), e novamente em Bilbau, na Sala BBK (2000). Arpad Szenes foi por sua vez exposto no Pazo Provincial de Pontevedra (1995), e obras dos dois autores foram vistas em conjunto nos Centros Culturais Novacaixagalicia, primeiro em Vigo e depois na Corunha, em 2012. Uma exposição desta dimensão não teria sido possível sem o contributo de diversas pessoas e entidades. A Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva agradece a iniciativa da Embaixada de Portugal em Madrid, a colaboração na coordenação a Comissariados y Cultura, o apoio do Ayuntamiento de Madrid e da Câmara Municipal de Lisboa e o mecenato da EDP-Renováveis, por permitirem uma vez mais, dar a conhecer e / ou relembrar ao público em Espanha a obra de Arpad Szenes e de Maria Helena Vieira da Silva.

Documentos relacionados

Actualizado

el 05 oct de 2017 por ARTEINFORMADO

Contactar

¿Quieres contactar con el gestor de la ficha?

Descubre más obras en ARTEINFORMADO

TANGUERIA, 2016
Pat Deneas
Purple, 2009
Alejandra Laviada
Compártelo en redes

Exposición en promoción

19 ene de 2018 - 10 mar de 2018

El Jardín de Fukuoka

BAT-Alberto Cornejo / Madrid, España

Exposición en promoción

ArtCity

Descárgate ArtCity, la app que te dice que exposiciones tienes cerca.

Más información

¡Suscríbase y reciba regularmente nuestro Boletín de Noticias del Mercado del Arte!

Suscribirme
volver arriba